quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

#Tecnologia: Telegram: por que ele é o app mais desejado do momento?

Telegram



Telegram é um mensageiro multi-plataforma livre, com seu cliente em código aberto e servidores em software proprietário, tendo seu foco na segurança e privacidade. Nele, os usuários podem trocar mensagens criptografadas e autodestrutivas, fotos, vídeos e documentos (todos os tipos de arquivos suportados). Está oficialmente disponível para diversos dispositivos, como Android (incluindo tablets), iOS (incluindo iPad), Windows Phone (ainda em versão beta), Windows, OS X, Linux e um cliente web; outras plataformas e clientes alternativos podem existir a partir de desenvolvedores independentes que usam o API do Telegram.
O Telegram foi fundado em 2013 pelo irmãos Nikolai e Pavel Durov, os fundadores do VK, a maior rede social da Rússia.2 O Telegram é uma empresa independente, não ligado ao VK. Baseia-se em BerlimAlemanha.3 4 Nikolai criou o novo protocolo MTProto em que o mensageiro é baseado, enquanto Pavel forneceu apoio financeiro e de infra-estrutura por meio de seu fundo da Digital Fortress.5 É concorrente de serviços de mensagens semelhantes como WhatsAppLINE e Viber.

Características

  • Todas as conversas são criptografadas
  • Sincronização na nuvem entre dispositivos
  • Maior velocidade no envio de mensagens
  • Distribuição de servidores em todo o mundo para maior segurança e velocidade
  • API em código aberto 6 e protocolo livre para todos7
  • Gratuito, sem propaganda e mensalidades
  • Possui versões móveis, versões para desktop e extensões do navegador8
  • Pode enviar fotos, vídeos e "documentos": todos os tipos de arquivos suportados e sem limite de tamanho
  • Grupos para 200 membros com visualização de status
  • Chats secretos com criptografia end-to-end
  • Mensagens de auto-destruição em chats secretos
  • Status de leitura da mensagem: 1 traço = enviada, 2 traços = aberta9

Segurança

O Telegram afirma que é mais seguro do que os mensageiros do mercado de massa, como WhatsApp e Line. O aplicativo possui dois tipos de chats. Os chats comuns usam criptografia de cliente-servidor e pode ser acessado a partir de vários dispositivos. Os bate-papos secretos usam criptografia end-to-end e só pode ser acessado a partir dos dois dispositivos participantes. Os terceiros, incluindo os administradores do Telegram, não podem ter acesso.10 As mensagens e meios de comunicação no bate-papo secreto também pode ser configurado para se autodestruir em um determinado período de tempo depois de ser lido. Uma vez que o tempo se esgote, as mensagens desaparecem em ambos os dispositivos.11 Todos os chats são criptografados, independentemente do tipo. A criptografia do Telegram é baseado em 256 bits de criptografia simétrica AES, criptografia RSA 2048 e garantia de troca de chaves Diffie-Hellman.12
Em 19 de dezembro de 2013, o apoiador do Telegram, Pavel Durov anunciou que iria dar US$200.000 em Bitcoins a alguém capaz de quebrar a criptografia do mensageiro.

É até engraçado como do nada o Telegram subiu ao topo dos downloads e ultrapassou diversos mensageiros famoso, incluindo o WhatsApp e oFacebook Messenger. Em questão de poucas semanas, o app russo conseguiu mais de 5 milhões de usuários, número que possivelmente já está bem acima disso.
Somente na Google Play as estatísticas comprovam que o programa já foi instalado em mais de 10 milhões aparelhos (podendo chegar a até 50 milhões de gadgets). Conforme os dados do site App Annie, o Telegram continua no topo dos downloads de diversos países, tanto na categoria de comunicação quanto no ranking geral.
Ao que tudo indica, esse sucesso seria por conta das quedas e questões de venda do WhatsApp, mas não está bem esclarecido o motivo pelo qual tantas pessoas migraram da noite para o dia para um app tão similar (que não tem algumas funções e tampouco conta com traduções para muitos idiomas).
É ainda mais estranho se pensarmos que há uma série de outros apps já consagrados (Viber, Kik, LINE, Facebook Messenger e outros) para as principais plataformas móveis. Outro fato curioso diz respeito à época de sucesso do Telegram, que foi depois do dia 17 de fevereiro, pouco antes da negociação do WhatsApp.

O Telegram é uma cópia do WhatsApp?

Todo mundo que vê imagens, notícias e tutoriais sobre o Telegram tem a leve impressão de que ele é idêntico ao WhatsApp. Quem de fato chega a instalar e experimentar tem a certeza de que muitos elementos visuais e funcionalidades realmente fazem deste programa um clone do famoso mensageiro comprado pelo Facebook.
Os fundos das telas de mensagem, os menus posicionados de forma idêntica (até mesmo os ícones são iguais), a tela de contatos, a disposição dos elementos no histórico e até mesmo o símbolo de mensagem enviada (aquele V duplo) revelam que a desenvolvedora do Telegram não fez cerimônia e não se importou em criar um app igual que tem apenas as cores trocadas.

A ideia é simples. Não há por que mexer no que está bom. O ponto aqui não é inovação em design, uma interface revolucionária ou funções extraordinárias. Aparentemente, os desenvolvedores do Telegram estão dispostos a roubar a base de usuários do WhatsApp por um simples motivo: as pessoas precisam de um mensageiro seguro.
Aliás, se você reparar bem, o app russo não tem uma série de ferramentas que estão disponíveis nos softwares concorrentes, o que incluiu o envio de mensagens de voz e ligações via internet. Isso, no entanto, não quer dizer que ele é inferior ou que não pode ser o programa dominante.





#Tecnologia: 2015 é o ano de máquinas falarem com máquinas, apostam especialistas

Tecnologia permite, por exemplo, comandar eletrodomésticos do celular.
Neutralidade de rede e pagamento pelo celular também são tendências.



Depois de os computadores se conectarem via web e de as pessoas fazerem das redes sociais a extensão de suas vidas, 2015 deve ser o ano que consolidará a chamada "internet das coisas" – termo criado para explicar a conversa entre máquinas, o que, na vida real, já permite que celulares comandem lavadoras de roupas e se conectem a carros, por exemplo.
O professor da Uerj e pesquisador do MIT Media Lab Ronaldo Lemos identifica em alguns acontecimentos recentes a construção da pista de decolagem para essa nova tendência. Um deles é a compra da Nest pelo Google por US$ 3,2 bilhões. A empresa adquirida, aparentemente uma fabricante de termostatos inteligentes, entra em cheio nessa onda, pois os aparelhos criados por ela são todos "inteligentes", ou seja, se conectam a outros dispositivos para funcionar.
Outro fator é o interesse do governo chinês, que investe maciçamente na área. Por lá, já há lâmpadas integradas à internet e que "falam" com outros aparelhos, como TV e utensílios domésticos. "Isso vai começar a entrar na casa dos consumidores de forma silenciosa", diz Lemos.
Estímulo do governo
Por aqui, o caminho também vai sendo pavimentado por ações do governo. O BNDES já realizou seminários em que indicou ter linhas de investimento para a área e, em maio, desonerou aparelhos de internet M2M (máquina-a-máquina). O nome pode parecer estranho, mas são essas conexões que ligam maquininhas de cartão de crédito, por exemplo. Até agosto, já eram 9,2 milhões de aparelhos M2M no país.
Lemos aponta os "smart grids" – redes inteligentes de transmissão e distribuição de energia – como um exemplo de que a internet das coisas já é realidade. Essas redes já são implantadas por empresas como a CPFL, a fim de identificar escoadouros de energia e automatizar a cobrança dos consumidores.
"A expansão da banda larga muda o comportamento do consumidor, que pressiona por novos serviços. O cidadão fica 'inteligente', utiliza o Waze, apps para medir energia, e ele começa a esperar que, não só a cidade, mas empresas e órgãos públicos também utilizem esses sistemas para facilitar a vida dele", comenta André Gualda, especialista do ConsumerLab da Ericsson na América Latina.
Para ele, apesar de ser uma tendência forte, a "internet das coisas" caminhará mais rápido conforme avançar o uso da banda larga e a cobertura de celular de qualidade no Brasil. Lemos aposta que a internet rápida vai dominar as iniciativas públicas no ano, já que o país come poeira dos vizinhos Colômbia, Venezuela e Argentina. “O Brasil ficou para trás nessa discussão.”
Neutralidade de rede
Os especialistas afirmam ainda que outras tendências andarão lado a lado com a "internet das coisas" em 2015. Uma delas é a regulação da neutralidade de rede. O termo define o tratamento igualitário que provedores de internet devem dar aos pacotes de dados trafegados pela rede e ficou famoso no Brasil por estar presente no Marco Civil da Internet, que entrou em vigor em junho. Só que, para destravar a discussão sobre a lei, o governo negociou deixar a questão em aberto.

"O ano de 2015 vai ser da regulamentação da neutralidade de rede no Brasil", afirma Lemos, acrescentando que também "vai ter a possibilidade de se interpretar práticas e serviços de operadoras". Na berlinda, estão pacotes de internet que não tarifam o acesso a Facebook, Twitter e WhatsApp, assim como a cobrança adicional a provedores de conteúdo que não queiram ter seus serviços transmitidos a baixas velocidades. O debate já está quente na Europa e nos Estados Unidos, onde o presidente Barack Obama é um defensor da neutralidade.

Pagamento pelo celular
Outra coisa que deve entrar com força na vida das pessoas são os pagamentos móveis. Para Lemos, a principal responsável por isso é a Apple. Em outubro, a empresa colocou para funcionar o Apple Pay, seu sistema que quita contas apenas com a aproximação entre celular e terminal de pagamento. Em 72 horas, mais de um milhão de cartões de crédito já estavam registrados só nos EUA. Em breve, o serviço chegará a Europa, Índia, Oriente Médio e África.
Assim como ocorreu quando mexeu com o mundo da música ao lançar o iTunes 11 anos atrás, a Apple já provocou reação no mercado com a iniciativa. A Samsung prepara seu próprio facilitador de pagamentos, enquanto o Walmart lidera um consórcio de varejistas norte-americanos para criar uma ferramenta rival.
"As pessoas estão cansadas de carregar três cartões, o da loja, o de crédito e o de débito", diz Gualda. Uma pesquisa da Ericsson realizada com donos de smartphones em todo o mundo mostrou que 48% deles preferem carregar apenas o celular e deixar a carteira em casa. Foram ouvidos 5.024 pessoas, com idades de 16 a 59 anos, de nove países. Dos entrevistados, 80% dizem esperar que até 2020 o celular substitua a carteira. E esse futuro começa em 2015.


WhatsApp atinge os 700 milhões de usuários por mês em todo o mundo


O aplicativo de mensagens WhatsApp é utilizado por 700 milhões de pessoas, segundo anunciou nesta terça-feira (6) o criador e presidente-executivo da empresa, Jan Koum.
“Hoje, nós estamos entusiasmados para compartilhar que WhatsApp tem mais de 700 milhões de usuários ativos por mês”, escreveu o executivo em sua página no Facebook. Em agosto do ano passado, eram 600 milhões.
A rede social adquiriu o app no começo de 2014 por um valor reajustado de US$ 22 bilhões. O preço exorbitante, equivalente ao PIB de 22 países, foi bem investido, porque, segundo explicouMark Zuckerberg, devido à quantidade de usuários e à rápida expansão. Se fossem colocados lado a lado, o WhatsApp bateria o Facebook em número de usuários, considerando os primeiros quatro anos de cada uma ds plataformas.
Na época, o presidente do Facebook disse que o WhatsApp era a única plataforma depois da própria rede social a ter capacidade para chegar a um bilhão de usuários. Ainda faltam alguns milhões de usuários para a profecia de Zuckerberg ser concretizada, mas o app agora já é utilizado por mais gente que o Messenger, ferramenta de bate-papo do Facebook.
Os números astronômicos do WhatsApp não param aí. Segundo Koum, todos os dias o app é a plataforma pela qual passam 30 bilhões de mensagens.
Apesar de o Facebook e Koum verem o app como um promissor gerador de receita, os números contábeis da empresa mostra que, por enquanto, o serviço de bate-papo é um milionário gerador de prejuízo. Apenas nos seis primeiros meses de 2014, as perdas do Facebook com o WhasApp foram da ordem de US$ 232 milhões.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

#Spotify: Trilha sonora do filme 50 tons de cinza é sucesso no Spotify *_*



Ola meus amores tudo bom?
Então estive olhando as novidades 
para compartilhar com vocês *_*


Bom, como todos sabem a poucos dias estreiou o filme:
50 tons de cinza *_*
Que vem conquistando a todos que estão assistindo, e claro que umas das coisas que tah bombando é a trilha sonora, confesso que é apaixonante demais *_*

Tah bombando no aplicativo Spotify *_*

Bom, pra quem ainda não conhece é um ótimo aplicativo pra você ouvir as melhores músicas em qualquer momento do seu dia-a-dia....... Eu já virei fã *_*

Então faça como eu baixa já o aplicativo no seu 
celular e divirta-se 
com as melhores musicas *_*






quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Óculos: como escolher a armação perfeita para seu rosto *_*

Conheça os modelos que nunca saem de moda


De vários formatos e tamanhos, em armações discretas, coloridas ou com texturas, os acessórios tornaram-se peça fundamental em qualquer look, dos mais despojados aos formais. Mas, com tantas opções no mercado, é preciso analisar os traços do seu rosto para que fique proporcional sob armação e lentes. A melhor dica é se olhar bem no espelho, de perto e de longe: "Se você não se sentir à vontade, o modelo acabará com o visual, por mais sofisticado que seja" alerta o designer de óculos Francisco Ventura. 

O primeiro passo para acertar na escolha da armação é enxergar que linhas do rosto quer realçar ou suavizar, explica o especialista. Veja quais óculos combinam com seus traços: 

Reto 
Experimente armações retangulares, que conseguem suavizar traços do rosto, proporcionando um visual mais delicado e feminino. 
As lentes com fio de náilon são ótimas opções. 
"Quem tem maxilar largo ou marcado é quem mais devia experimentar armações que puxam pra cima, como a gatinho ou tipo borboleta".

Redondo 
Modelos com linhas retas dão uma afinada no seu rosto. 
Prefira armações quadradas ou retangulares, 
que garantem esse efeito de maneira bem sutil. 

Oval 
Este formato de rosto é o mais flexível de todos. 
As linhas curvas e o comprimento longilíneo permitem que quase todos os modelos sejam usados de maneira bastante harmônica e com muito charme. 

Triangular
Testa larga e queixo fino pedem armações redondas, 
estreitas e ovais para suavizar essas linhas. 
O modelo aviador é o mais indicado. 



Delicado 
"Quem tem traços delicados pode ir sem medo na direção das armações em cores mais claras (cinzas, azuis, marrons), em materiais translúcidos ou com vazados nas laterais. Pessoas de traços delicados que escolhem óculos muito marcantes servem de cabide pro acessório: todo mundo vê os óculos e só muito depois vê a pessoa", ensina Fernanda. 

A personal stylist da Oficina de Estilo também esclarece a diferença entre as armações de sol e as de grau: "Em óculos de grau a sobrancelha sempre tem que estar aparente, e em óculos de sol ela pode ficar escondida embaixo da armação". Levando em conta que você tem que experimentar, veja algumas sugestões de modelos: 


Oversized 
São os óculos gigantes. Nesse caso, metade da sobrancelha de fora é o pecado mais comum e, geralmente, reflete que você ainda não tem segurança para assumi-los. "O ideal é que as sobrancelhas fiquem totalmente cobertas pela armação oversized", diz Francisco. As maçãs do rosto também devem ficar bastante cobertas (nada de tampar somente a região das olheiras, por exemplo). 


Wayfarer 
Ícone de estilo do artista Andy Warhol, o modelo quadrangular - um clássico da Ray-ban - reviveu momentos de glória entre os jovens. Coloridos e estampados, em cores neon, ele aparece desde em cenários urbanos até em praias e parques. De armação espessa em acetato, as cores neutras com lentes de grau aderem ao visual nerd. 
















terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Inspire-se: Esmaltes pro carnaval *_*


Ola meus amores tudo bom?

Espero que sim *_*

Bom, semana de carnaval e claro que poderia faltar 

aquela super e mega dica pra arrasar no carnaval *_*

Vim compartilhar com vocês as cores dos esmaltes pra usar

carnaval pede muito brilho e cores variadas *_*

Confira ai e vamos colorir nossas unhas *_*










Escola Vai Vai é Campeã em São Paulo 2015


Carnaval 2015

A escola campeã foi a Vai Vai *_*

Parabens *_*















sábado, 14 de fevereiro de 2015

Inspire-se: Carnaval 2015



Ola meus amores! 

Tudo bom com vocês?

Então, mais um ano e claro fevereiro com a maior festa "Carnaval" dias e dias de folia.....

Vim aqui compartilhar com vocês alguns vídeos que achei super legal, como dica de maquiagem, e também como fazer aquele lindo penteado para arrasar na folia......

Espero que gostem *_*


Vamos então aos videos *_*

Maquiagem super linda cheia de brilho *_*

                     Maquiagem Delicada Carnaval 


                         Maquiagem para o carnaval 2015
                                  Por: Gabih Machado


Enfeite para o cabelo *_*

                                                   Penteados *_*



sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Trilha sonora: Supernatural *_*


Geeeente!
Como vocês estão? 
Eu ando muito animada com as novidades
Das trilhas sonoras mais indicadas para o dia a dia, eu não podia deixar de fora a da série Supernatural. 

O seriado se resume basicamente na vida de dois irmãos de sangue,Sam e Dean Winchester, que herdaram do pai o dever de proteger o mundo de tudo que é sobrenatural! E o que mais me chama a atenção é que eles fazem isso viajando em um Impala 67, ao som do bom rock clássico!
Sim! Talvez eu seja meramente suspeita em dar o primeiro lugar ao seriado, uma vez que sou perdidamente apaixonada pelo gênero musical que faz a abordagem do programa.







A enorme seleção musical que enriquece a série, conta com grandes nomes
 (além dos que citei acima), como MuseScorpions
Metalica,SupertrampDeep Purple, AC/DC e muitos outros!

Espero que tenham curtido todas elas eu super amo *_*

Beijos e até a próxima *_*